Bem vindo ao seu portal lusófono de Energia Livre e Ciência Alternativa!
NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK - Curta e divulgue!
NOSSO CANAL NO YOUTUBE - Inscreva-se
SIGA-NOS NO TWEETER @EnergiaLivreBR
Entre em contato com o autor por e-mail
Participe da pesquisa de Energia Livre no grupo.
Para seguir o blog por e-mail, RSS ou Blogger role até o pé da página.
Na aba direita você encontra os links que abrirão as portas do universo da Energia Livre.
Boa viagem!!

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Cientistas Russos demonstram transmissão de eletricidade ressonante com apenas um fio

Bem, custou para achar uma versão do vídeo que a legenda estivesse clara, e custou para traduzir pois mesmo a tradução para o inglês não está lá estas coisas... Mas aí vai o vídeo e a tradução abaixo do mesmo:




Cientistas Russos Revolucionam a Física


"Eles criaram um sistema de transmissão de eletricidade ressonante usando apenas um fio. Em outras palavras, transmissão de energia elétrica por um fio sem o retorno. Como isto é possível? Vamos tentar desvendar o quebra cabeça com a contribuição a seguir:"

"Parece mais mágica ou ilusão. Um fio fino é conectado para suportar grandes lâmpadas de filamento. A potência das lâmpadas vai de 0,1 a 1kW, dez vezes mais forte do que uma lâmpada de 100W típica. Ligando o dispositivo elétrico e o milagre acontece - lâmpadas acendem. Para alimentar a linha, o impossível: o diâmetro do condutor é apenas 8 microns. O diâmeto de um cabelo humano é dez vezes maior, cerca de 80 microns. A cada meio metro foram envolvidos sinais barncos para indicar o condutor."

"Nós transmitimos uma potência elétrica de 25KW, você pode ver a transmissão pulsando, uma corrente elétrica está passando aqui agora."

"A energia que está passando por este condutor pode alimentar de 2 a 3 casas ou um supermercado médio. Transferência convencional de energia elétrica desta potência requer um cabo de 16mm2 de secção [cerca de 2,2mm de diâmetro]."

"Trifásico - 380 V, é recebido aqui e transmite para o gerador, do gerador para o transfrmador de Tesla, continuando a transmissão para o condutor de linha, para o transformador receptor de Tesla e então para o usuário"

"Esta transmissão elétrica não tem lei pela qual funcione, porque a Lei de Ohm, que é conhecida por todos os estudantes de física, aqui não se aplica"

"A linha condutora, isto é, o condutor por qual está passando corrente, não pode ser propriamente chamada assim, porque a energia não está passando pelo condutor, ao invés, passa por sobre e ao longo do condutor, ou seja, neste caso o condutor não é um condutor ohmico. Funciona simplesmente como uma onda."

"O condutor neste sistema é usado somente como um concentrador, logo o metal com que é feito e a espessura da secção não desempenham nenhum papel. Além disso, o condutor não é aquecido e não há praticamente nenhuma perda."

"Em um sistema com dois condutores, com o aumento da distância, a intensidade da luz das lâmpadas decresce. Aqui é usado uma linha de transmissão com apenas um fio, todas as lâmpadas estão conectadas a um condutor simples, e ao longo do curso de 30 metros, elas estão acesas com a emsma intensidade."

"Se desejado, ao invés de lâmpadas, pode ser ligado ao condutor um motor elétrico convencional."

"Energia elétrica está chegando por um condutor, para o transformador receptor, depois chega ao transformador conversor, aonde é convertida em 380 V trifásico, e então chega a um motor elétrico que funciona."

"Não há uma explicação teórica completa até então para a linha de transmissão com um fio, questões permanecem, e especialistas em engenharia elétrica não tem respostas. Ainda assim, a possibiliadde de transmissão elétrica por apenas um fio condutor foi provada experimentalmente."

"Oprimeiro que descobriu a linha de transmissão por um fio era o conhecido físico e engenheiro inventor Nikola Tesla, que estava criando a na virada do séculos XIX - XX. Os cientistas ao redor do mundo tentaram repetir seus experimentos. No entanto, somente alguns cientistas russos conseguiram a algumas décadas desenvolver na prática e patentear esta maneira de transmitir energia".

"A primeira patente para transmissão de energia com um fio foi concedida a cientistas russos mesmo em 1985. Agora, de acordo com os especialistas no seu desenvolvimento, seu sistema está elaborado e completamente pronto para uso."

"Isto é apenas uma variante de laboratório e portanto inconveniente, talvez seja até mais interessante, e no fututo vai ser simplesmente ser menor na transmissão e recepção, e a transmissão poderá ser feita simplesmente a qualquer distância."

"O benefício de novas possibilidades de transmissão de energia elétrica é evidente. Praticamente não há perda durante a transmissão de energia elétrica, não há necessidade de gastar toneladas de metal para fazer cabos, pode evitar a construção de muitas estações transformadoras. No entanto, ainda assim Energetics não irá usar essa inovação."

"Pode ser significante, embora não seja claro o quanto vale a pena economicamente e qual os efeitos econômicos se for de fato aplicado em massa. Ainda assim estes pequenos projetos apontam algumas economias sérias"

"Energetics não começará a implementação em massa do novo sistema por mais uma razão, ainda não é completamente testado em relação aos riscos deste tipo de transmissão de energia elétrica. Como influenciará o ambiente? E mais importante, se pode ser prejudicial à saúde humana."

"Juntamente com o exame dos riscos do novo método de transmissão de energia elétrica, os cientistas estão trabalhando para criar mais uma tecnologia. Transmissão de energia elétrica sem fio pelo ar. Os primeiros experimentos nesta área também foram feitos por Tesla. No entanto, se estes experimentos irão além do laboratório e quando irá acontecer, é uma grande pergunta. Este fooi um programa chamado 'Energetics - Resenhas Industriais'. Nos vemos próximo domingo."

8 comentários:

  1. Conhece o Nikola Tesla Institute (Brasil)?

    http://www.institutotesla.org/

    ResponderExcluir
  2. Sim. Acompanho eles, dentro do possível. Já os mencionei brevemente em outros artigos, mas ainda não tive tempo de escrever com calma especificamente sobre eles. Este vídeo, inclusive, chegou até mim primeiro por eles, mas achei esta versão que tem uma qualidade de imagen melhor, a versão do canal deles mal dava pra ler as legendas em inglês e eu não entendo russo :) (ou sei lá que língua é essa)

    ResponderExcluir
  3. Eu li em algum lugar que a extração de energia do ''ponto zero'' não é a extração de energia do vácuo em si, mas é o aproveitamento da condição do vácuo de aumentar a velocidade das partículas. Imagine: um carro está com o tanque cheio em uma pista lotada, mesmo podendo atingir altas velocidades, isso é impossível devido a presença dos outros veículos, por isso sua velocidade tem que ser pequena, agora imagine que a pista fica vazia, o carro, nesse caso, acaba podendo atingir altas velocidades. É mais ou menos isso o conceito de extração de energia do ponto zero (de acordo com o que eu vi), não é a extração do vácuo, mas a possibilidade de que um espaço vazio permite maior velocidade para a partícula. Lembrando também que não há vácuo absoluto.

    ResponderExcluir
  4. Conceito interessante... Mas quem usa esta terminologia, de se extrair "energia do vácuo", é Tom Bearden, e ele quer dizer outra coisa, enfim. Chegaremos lá na série de artigos Lições do "Tio Tom". Até...

    ResponderExcluir
  5. Grande bosta o que estes caras fizeram. É exatamente o que se faz hoje, nas linhas de transmissão: eleva-se a tensão que a corrente diminui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que eu saiba nas linhas de transmissão usa-se dois fios (fase e neutro). E mesmo a corrente sendo menor, ainda há perda segundo a lei de Ohm. Vc parece que não leu o que os caras estão alegando: transmissão por apenas UM fio e "Esta transmissão elétrica não tem lei pela qual funcione, porque a Lei de Ohm, que é conhecida por todos os estudantes de física, aqui não se aplica"

      Excluir
  6. 1) A corrente DEVE ir e voltar.

    2) Se passa corrente, a lei de OHM continua agindo, nem que seja não-linearmente.

    3) As alegações estão extraordinárias demais. Gostaria de encontrar o artigo destes cientistas russos. Tentei e não encontrei. Agradeceria caso alguém encontrasse.

    4) Bobina Tesla é um transformador apenas. Gera alta tensão. Não há nada misterioso aí.

    5) Em eletrificação rural é muito comum transmitir usando 1 fio. O outro "fio" é o solo. Certamente é o caso aqui.

    ResponderExcluir
  7. Me parece truque só observando de perto, medindo e testando pra confiar em uma notícia desta. veja por exemplo as linhas de alta tensão que transmitem mega watts com um cabo de bitola de uma linha comum.
    Acredito que muita coisa dentro da física ainda não possa ser explicada nem entendida,mas sou muito cético. as vezes em um experimento pode ocorrer algum erro de interpretação, ou quem sabe descobrir oura coisa diferente do que se procura.

    ResponderExcluir

Seguir por Email

Seguidores