Bem vindo ao seu portal lusófono de Energia Livre e Ciência Alternativa!
NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK - Curta e divulgue!
NOSSO CANAL NO YOUTUBE - Inscreva-se
SIGA-NOS NO TWEETER @EnergiaLivreBR
Entre em contato com o autor por e-mail
Participe da pesquisa de Energia Livre no grupo.
Para seguir o blog por e-mail, RSS ou Blogger role até o pé da página.
Na aba direita você encontra os links que abrirão as portas do universo da Energia Livre.
Boa viagem!!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

O NIF e a fusão à quente silenciada


Uma descoberta por cientistas do National Ignition Facility (NIF) poderia aumentar as esperanças de ampliação de fusão.

O NIF fica em Livermore, na Califórnia, usa 192 feixes do laser mais poderoso do mundo para aquecer e comprimir uma pequena pelota de combustível de hidrogênio para o ponto onde as reações de fusão nuclear ocorrem.


A BBC entende que, durante um experimento no final de setembro, a quantidade de energia liberada pela reação de fusão ultrapassou a quantidade de energia absorvida pelo combustível - a primeira vez que este tinha sido alcançado em qualquer laboratório de fusão no mundo.


NIF: O "Crown Joule" da Ciência Laser

O National Ignition Facility (NIF) é o maior laser do mundo. 192 feixes de laser intensos do NIF podem entregar a um alvo mais de 60 vezes a energia de qualquer sistema de laser anterior. O NIF entrou em operação em março de 2009 e é capaz de dirigir quase dois milhões de joules de energia laser ultravioleta em pulsos de bilionésimo de segundo para o centro da câmara-alvo.


Avanço aparente na fusão nuclear silenciada

Os cientistas chegaram a um passo de aproveitar o poder do sol. Pesquisadores do National Ignition Facility (NIF) ultrapassaram um marco na realização de fusão nuclear auto-sustentável - mas você não vai ouvir sobre isso por parte dos pesquisadores. A equipe NIF foi entrou em recesso como resultado da paralisação do governo dos EUA, que começou no dia 01 de outubro, e não está lançando atualizações para a imprensa.
- Com Hussain Shareef.


Earthships


Earthship Guia Introdutório de construção


Uma earthship é um tipo de casa passiva solar feita de materiais naturais e reciclados. Desenvolvido e comercializado pela Earthship Biotecture de Taos, Novo México, as casas são principalmente construídas para funcionar como edifícios autônomos e são geralmente feitas de pneus cheios de terra, usando construção de massa térmica para regular naturalmente a temperatura interior. Eles também costumam ter seu próprio sistema especial de ventilação natural. Earthships são casas geralmente off-grid (desconectados da rede elétrica da concessionária), minimizando sua dependência de serviços públicos e de combustíveis fósseis. Earthships são construídos para utilizar os recursos locais disponíveis, especialmente a energia do sol. Por exemplo, janelas nas paredes voltadas para o sol permitem a entrada de iluminação e aquecimento, e os edifícios são muitas vezes em em forma de ferradura para maximizar a luz natural e de ganho solar durante os meses de inverno. As paredes internas grossas, densas fornecem a massa térmica que naturalmente regula a temperatura interior durante temperaturas exteriores frias e quentes.

Paredes Internas não submetidas à carga são muitas vezes feitas de um favo de mel de latas recicladas unidas por concreto e são referidos como "paredes-lata". Estas paredes são geralmente densamente cobertas com estuque.

O telhado de um Earthship é fortemente isolado - muitas vezes com duas camadas de quatro polegadas de isolamento poli-iso para melhor eficiência energética

Guia em vídeo completo para Earth Ships

Projetos de Earthships

Videos, Audio and coleção de PDFs 
— com Mark E. Bryan.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Documentário sobre Wilhelm Reich

Sinceramente, eu achei que não viveria o suficiente para ver a água acabar, principalmente aqui no Brasil, o país da Amazônia, o país das chuvas tropicais. Nesta época estranha em que vivemos, o Cloudbuster de Wilhelm Reich resolveria o problema da Cantareira, com certeza.

Outra coisa que é importante e atual em Wilhelm Reich é seu livro Psicologia de Massas do Fascismo, que se as pessoas conhecessem Reich se imunizariam deste veneno que infelizmente tanto cresce em nossa sociedade.

No começo deste blog eu ia fazer a série de artigos O Início de Tudo, onde abordaria um a um, os mestres que me inspiraram e que acredito devem inspirar ainda gerações vindouras (se estiverem acordados e não hipnotizados pela TV e até mesmo pelas redes sociais...). Infelizmente esta série ficou interrompida (assim como outras séries que comecei e não consegui dar continuidade). Mas os tempos são outros, quem sabe eu não retome o raciocínio de onde parei. De qualquer forma, na série há um texto introdutório sobre Reich, para quem preferir, mas somente contextualiza-o sócio-politicamente, e ainda não entra nas ideias dele. Este documentário dá uma introdução tanto da biografia quanto da trajetória científica dele, e passou na TV cultura (!!). Infelizmente a qualidade é ruim, pois quem carregou o vídeo teve que filmar a TV. O original em alemão com legendas em inglês é Who is afraid of Wilhelm Reich, para quem quer uma qualidade melhor.


Seguir por Email

Seguidores