Bem vindo ao seu portal lusófono de Energia Livre e Ciência Alternativa!
NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK - Curta e divulgue!
NOSSO CANAL NO YOUTUBE - Inscreva-se
SIGA-NOS NO TWEETER @EnergiaLivreBR
Entre em contato com o autor por e-mail
Participe da pesquisa de Energia Livre no grupo.
Para seguir o blog por e-mail, RSS ou Blogger role até o pé da página.
Na aba direita você encontra os links que abrirão as portas do universo da Energia Livre.
Boa viagem!!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Out of the Void, documentário sobre Energia Livre

"Enquanto o mundo tem sido distraído por bambolês, pet rocks, empresas pontocom, fibras ópticas e o último novo App para hipnotizar as massas, engenheiros e inventores estavam discretamente trabalhando tentando entender o que Tesla quis dizer quando ele disse, 'Antes que muitas gerações passem, nossa maquinaria será alimentada por uma energia acessível em qualquer ponto do universo'." Toby Grotz (fonte)

Geradores sobre-unidade (overunity) raramente são bem sucedidos. Os especialistas ainda têm de encontrar uma máquina que trabalhe o tempo todo, em qualquer lugar, sem falhas, mas parece que a máquina de Tewari atende às expectativas. Alguns físicos vão enlouquecer com a sugestão de um 'Éter' (Aether), mesmo que eles agora acreditem que o espaço é preenchido com o campo de Higgs. Como eles podem fazer isso enquanto contemplam a matéria escura, super cordas, e outras variáveis ​​que não pode sequer ser vistas? Como é que podemos esperar para encontrar a partícula "Deus" se a própria 'coisa' que compõe o nosso universo é invisível?

Muitos citam a segunda lei da termodinâmica para refutar o conceito de sobre-unidade, mas muitas vezes não conseguem perceber que a segunda lei da termodinâmica deve ser modificada para levar em conta o fato de que o espaço não é vazio.

Paramahansa Tewari (esquerda) e Tobi Grotz
Ao eliminar torque de resistência através de um design inovador de circuito magnético, um gerador AC foi construído e testado. O Reactionless Generator (RLG) do renomado Paramahansa Tewari que já citamos aqui, agora é perfilado em um novo filme que teve pré-estreia no ano passado, na Áustria, no Festival de Viena, em 28 de Outubro de 2015. Trata-se de um documentário dramatizado chamado "Out of the Void", literalmente, "Do Vazio", sobre a visão de Tesla e outros pioneiros como Karl Schappeller, culminando no trabalho de Paramahansa Tewari. O filme tem previsão de lançamento para março deste ano.

Confira a tradução da sinopse do site oficial do filme:

"Pode a energia ser gerada a partir do espaço vazio, do nada, do vazio? Na década de 1920, Carl Schappeller alegou que ele foi capaz de desenvolver um mecanismo - uma máquina - através do qual uma forma até então inexplorada de energia poderia ser acessada. Ele mobilizou um grande número de adeptos. A Igreja Católica, membros da antiga dinastia imperial alemã, a Marinha Inglesa e numerosos investidores privados estavam entre os patronos que investiram milhões de dólares em seu projeto. Completamente louco? Um charlatão e impostor do século passado? O filme retoma a trilha da ideia audaciosa: velhos filmes mudos, documentos, descobertas no sótão e as reminiscências de idosos, todos nos levam a um mundo fictício, no qual Schappeller e seu clã fazem o seu aparecimento como espíritos. Depois de mergulhar profundamente para o passado, o filme passa por uma transformação, terminando no presente. Em um deserto industrial na Alemanha, um físico experimental solitário continua a perseguir a idéia de energia livre, enquanto na Índia o ex-chefe de uma usina de energia nuclear já está trabalhando em um gerador inovador que se destina a utilizar a energia livre. O filme revela conexões, rupturas e continuidades no estudo do fenômeno da energia livre, e como um filme-documentário levanta a questão: O que é a realidade? O que é ficção? Uma exploração cinematográfica das fronteiras entre crença e conhecimento, entre a visão e a arrogância."
Assista o Trailer aqui

Leia abaixo, a resenha do filme por Toby Grotz, engenheiro elétrico prestigiado que acompanha de perto, há anos, o trabalho de Tewari:

Em 28 de outubro de 2015, o documentário Out of the Void estreou no Festival Internacional de Cinema de Viena. Até onde eu sei, esta é a primeira vez que um filme desta natureza foi apresentado a um público internacional num festival de cinema. O filme é em parte um docudrama sobre a tentativa de ir além das fronteiras conhecidas da ciência e, literalmente, ir para o vazio para extrair energia.

Ele começa com um filme da década de 1920 do pesquisador austríaco Karl Schappeller durante o tempo em que ele tentou projetar e construir um dispositivo para a extração de energia a partir do Éter. Schappeller não teve sucesso, mas seus escritos e trabalho têm sido mantidos vivos por uma equipe dedicada de pesquisadores do Reino Unido e da Áustria, que encontraram e preservaram desenhos e documentos encontrados por trás de uma escadaria no castelo que lhe servia de laboratório de pesquisa.

Os atores e a equipe de produção, incluindo, vídeo, som, edição e cenografia tiveram sucesso na recriação do trabalho e visão de Schappeller. Entrevistas com moradores locais, agora em seus 80 e 90 são entrelaçados ao longo do filme adicionando um toque de autenticidade a um homem que já foi objeto de larga cobertura da imprensa e que se tornou uma lenda local. O castelo sobrevive até hoje e está disponível ao público para reuniões e eventos.

O filme salta para o futuro e apresenta uma demonstração de uma máquina inventada pelo professor Claus Turtur da Universidade Ostfalia de Ciências Aplicadas em Wolfenbüttel, Alemanha. A demonstração ocorre em um barraco de madeira ao lado da devastação de uma mina a céu aberto de carvão. É um aparelho de eletricidade estática de alta tensão lentamente girando em um campo elétrico estático. Tem sido demonstrado que a saída mecânica é substancialmente sobre-unidade. É óbvio neste momento que as leis da física devem ser modificadas. O filme, em seguida, cobre a atual pesquisa, experiências e teorias de Paramahamsa Tewari e documentos de testes de seu Reactionless Generator filmadas em seu laboratório na Índia.

Em sua teoria SVT (Space Vortex Theory), o Sr. Tewari postula e, em seguida comprova pelo raciocínio dedutivo, a natureza fundamental do espaço e da matéria. O interior do elétron é composto de vazio e é criado a partir do Éter (Aether) como Nikola Tesla descreveu, quando disse: "Toda a matéria perceptível vem de uma substância primária, ou tenuidade além da concepção, preenchendo todo o espaço, o akasha ou éter luminífero, que sofre ação da energia vital Prana ou força criativa, chamando à existência, em intermináveis ​​ciclos de todas as coisas e fenômenos."

Tewari provou a existência do éter usando a teoria SVT para construir máquinas com a eficiência superior a unidade. Eficiências [ou melhor, COP - n. do T.] de até 2,38 [238% - n. do T.] foram medidas. Uma descrição mais detalhada dos testes de sistema está disponível nos links abaixo. Esta descoberta é uma verificação de suas teorias e as de outros físicos, tais como Descartes, Maxwell, Helmholtz e Kelvin. Esses físicos têm apontado que o espaço não é vazio como foi ensinado por mais de cem anos.

A descoberta de Tewari exige que as leis da física como agora ensinadas devem ser modificadas para reconhecer que o espaço não é vazio e que a substância do espaço é a origem da matéria, tal como descrito nos Upanishads e conhecido pelos antigos videntes da Índia por mais de 10.000 anos.

Como Tesla também explicou: "Antes que muitas gerações passem, nossa maquinaria será alimentada por uma energia acessível em qualquer ponto do universo". Paramahamsa Tewari, um engenheiro elétrico e diretor executivo emérito da Nuclear Power Corporation of India construiu, demonstrou, e tem tido verificação por terceiros de um gerador que produz mais energia do que consome, assim, afirmando a visão de Tesla.

Out of the Void está programado para ser lançado nos cinemas na Áustria, em março. O filme está sendo submetido a outros festivais de cinema e distribuição em outros países está sob consideração.

A próxima exibição do filme será no Festival Diagonale em Graz, que acontece de 08 de março para 13 de março. Por favor, veja o trailer. Sente-se, aumente o som e fivela os cintos mentais, emocionais e físicas. A versão em Inglês é aqui. A versão alemã está aqui. Rolar para baixo após a descrição para ver o trailer e clique no botão play no meio da imagem.

Anúncio da estreia no cinema. Lançamento Oficial: 11 de março - 2016. Viena, Stadtkino / Künstlerhaus na noite de 11 de março. Sábado 12 mar será em Linz, Moviemento-Cinema. 14 de março a 16 será em Salzburg e Innsbruck.
-----------------------------------------------------------------------------------
Mais informações sobre o RLG podem ser encontradas nos links: Reportagem no Economic Times of India , assim como no próprio site oficial de Tewari e no site do filme.

Um comentário:

Seguir por Email

Seguidores